Postagens

Pornografia na Lua

Imagem
Homem sendo homem até na lua. Admiro os homens por conseguir, na sua maioria, ter esse pensamento sexuado em quase tudo. Acho que isso descontrai, faz algumas situações ficarem mais leve, por mais sérias que sejam. Claro que não cabe para tudo, mas quando cabe... ganha a leveza que merece, como numa viagem à lua. 
Lendo artigos na internet descobri essa aqui, que achei o máximo e resolvi compartilhar com vocês, mas para resumir, basicamente a história é a seguinte:  
Numa das missões, (na segunda) um dos astronautas colocou fotos da playboy num caderninho que ficava colado na roupa, na parte do braço, o caderno tinha instruções para "o que fazer quando chegasse no objeto". Como tudo que conversavam era transmitido para a base, na terra, eles tinham que falar baixo, mas deram tantas  risadas quando os outros perceberam as fotos, que a galera aqui na terra achou que eles estavam bêbados ou afetados pelo espaço. Rsrsrs



Se quiser ler a matéria na íntegra, está aqui.

Beijos, Nina!

Ah... o tesão

Se tem uma coisa que não tem dia e nem hora para chegar é o tal do tesão, ele simplesmente chega! Ela já havia percebido os horários em que os dela atacavam, (mas é segredo) e se estava sozinha, não perdia tempo. Um pulo da cama até a gaveta onde mantinha suas intimidades, sacava sua nécessaire onde guardava seus óleos e seu mini vibrador. 
Fechou as cortinas e a imaginação rolou. Despiu-se das poucas roupas; uma blusa preta de alcinha e um short jeans junto com a lingerie. Nua e deitada em sua cama, suas mãos começou a percorrer seus seios, gosta de acariciar-se num ritmo lento como numa dança de provocação. Corre as mãos pela barriga devagar e sobe novamente até os seios, enquanto uma mão aperta um deles, a outra corre em direção do melhor brinquedo nesse parque de diversões. A umidade causada pela excitação é certa, na cabeça, as últimas lembranças daquele encontro semanal que balança suas estruturas já há alguns meses.
Abre a embalagem do óleo e derrama seu líquido em cima da sua bo…

O chorão do desconto

Imagem
Tem sempre umas histórias que começam erradas, e no final a gente até ri da situação, com esse rapaz foi desse jeito. O sujeito me manda mensagem num domingo à noite por volta de umas nove. Você, se caiu aqui de gaiato, pode se perguntar "mas acompanhantes não ficam disponíveis à noite toda?". Normalmente ficam mesmo, mas existem exceções e me encaixo nela, não porque me acho melhor do que as outras que fazem, mas a vantagem de se fazer seu próprio horário é que defino meus limites. Blá, blá, blás à parte, o informei que não estava disponível e que não atendia naquele horário sem agendamento. E mesmo marcando no site onde publico o anúncio que não atendo no domingo, ele disse que não sabia. Pedir para ler todo o anúncio é pedir para ler demais, né? Ignoro, digo que tudo bem, envio as fotos que pediu, e vem a pergunta clássica:

Juro que eu tento ser educada, juro! Mas tenho que fazer o sujeito refletir, né? Homens que não tem costume de sair com acompanhantes acham a prestação…

Como propor ménage a sua parceira

Imagem
Quando o assunto é fantasia sexual, os homens em sua maioria, querem ver duas mulheres se pegando. É uma fantasia, do ponto de vista científico (quadro abaixo) considerada típica, ou seja, comum.
A questão é, quando se está num relacionamento estável, e o homem quer explorar essa sexualidade em sua parceira, como fazer a abordagem? como convencê-la a realizar sua fantasia?
Primeiro vamos as seguintes informações: pesquisas com base científica, realizada no Reino Unido, comprovaram que as mulheres são bissexuais ou homossexuais, agora se elas  concordarão com isso já é outra história, pelas seguintes questões: 
Crenças limitantes: muitas mulheres ainda tem uma visão muito tradicional do sexo, porque fomos criadas dentro de uma cultura onde sexo só acontecia depois do casamento, sexo serve para satisfazer os desejos masculinos e não os nossos, e que sexo apenas para usufruto prazeroso é pecado. 
Acreditem, embora vivemos um período (falsamente) moderno, existem muitas mulheres que ainda pen…

Desejos de ano novo

Imagem
O ano começou... e eu desejo para vocês, leitores e curiosos, um ano de muito sexo!
Não precisa ser comigo, (rsrs) mas que simplesmente façam mais sexo, mais amor, mais fodas, mais trepadas ou seja lá como vocês chamam, qualquer coisa que te faça subir pelas paredes ou jogar o pescoço para trás num gozo esplêndido, está valendo, ok?
Façam sexo no quarto, em todos os móveis da casa, no chuveiro, na piscina, na banheira, no carro, na escada se der, num beco escurinho da cidade, com juízo ou sem só um pouquinho mas façam!
Vale rapidinhas ou demoradinhas, intenso ou de leve, durante um solzão, ou num dia de chuva gostoso, com todas as luzes acesas ou no escurinho para ouvir só gemidos, mas façam. 
Pensem em sexo, leiam sobre sexo, assistam sexo e escutem sexo.
Coloque um rock, ou um jazz, uma música eletrônica... um álbum de música no estilo cinquenta tons (que é bem sensual), qualquer coisa que faça vibrar junto com a energia do corpo, mas façam sexo.
Usem a boca, os dedos, o corpo, ou acessó…

Numa virada

O ano passado nesse dia, véspera de réveillon, às cinco da tarde, eu dirigia para uma cidade próxima para passar a virada com os meus irmãos e também conhecer pessoalmente um rapaz  com o qual me comunicava há quase duas semanas pela internet. Nos conhecemos numa sala de bate-papo, quando conversamos, disse a ele que era uma garota de programa, mas na verdade, eu ainda não era. E ele disse que era casado, mas também não era.
Cheguei na cidade antes das sete da noite, parei na casa da minha família para descansar e me arrumar para a festa que aconteceria mais tarde no centro da cidade, e onde iríamos nos encontrar. Ele, como bom moço que é, foi levar a família na igreja e assim que retornou, quis ir me ver antes do horário combinado. Disse a ele que não era uma boa ideia, eu estava terminando de jantar com o pessoal, e seria deselegante sair para encontrá-lo com a boca cheio de farofa, mas ele insistiu. Passei o endereço, que coincidentemente era muito muito próximo à casa dele. 
Combin…

Primeiro texto escrito por um cliente sobre a versão dele do encontro